BISTRÔNAUTA CURITIBA
Fotografia

Bistrônauta: Comida e decoração | Curiando Curitiba

Resenhas

Redwood Hamburgueria | Onde comer em Manaus

Beleza

Acordei Princesa! | Resenha de umectação noturna da Novex

Posts marcados na categoria Viagem

Bistrônauta: Comida e decoração | Curiando Curitiba

18abr

Pra quem não acompanha o insta do blog, saibam vocês que Suele está em Curitiba! E nessa primeira semana, fuçando o google maps, encontrei um lugarzinho muito promissor já pelo nome; Bistrônauta.

BISTRÔNAUTA CURITIBA

O que é?

Bistrônauta costumava ser uma residência (a casa da avó do dono do lugar, onde ele viveu a infância, achei fofo <3) que foi transformada em um lindo bistrô inspirado em um lugarzinho em Paris chamado Les Bistronautes. O proprietário Sandro Tavares conheceu o lugar em uma de suas viagens e levou a ideia pra sua cidade natal, abrindo esse espaço super lindinho. Fotografei um monte pra vocês! <3

BISTRÔNAUTA CURITIBA

Visão da entrada, seguindo reto dá na área externa <3

A área externa

Foi difícil escolher minha área favorita do lugar, tudo é decorado com o maior cuidado e amor. A área externa é cheia de luzes nas árvores e em globos coloridos, é tudo coberto pela copa das árvores então ao mesmo tempo que não bate sol direto, não esquenta. <3

BISTRÔNAUTA CURITIBA

BISTRÔNAUTA CURITIBA

BISTRÔNAUTA CONHECENDO CURITIBA

Parece um conto de fadas aaaaaaaaaa help

BISTRÔNAUTA CURITIBA

BISTRÔNAUTA CURITIBA

Isso no meu quarto era um chamariz de gato e não duraria um dia, mas que é lindo é <3

BISTRÔNAUTA CURITIBA

Áreas internas

BISTRÔNAUTA CURITIBA

A área interna conta com um balcão e algumas mesas frente á uma ilustração maravilhossssssssssa de um astronauta. Cês imaginam minha piração?? NÃO

BISTRÔNAUTA CURITIBA

Pena que eu visitei esse lugar sozinha, porque MDS como eu queria uma foto na frente desse astronauta, gente! </3 Voltarei lá antes de ir pra SP só pra fazer um look do dia bem faceiro.BISTRÔNAUTA CURITIBA

Agora, xo falar pra vocês do piso superior; um lounge muito lindo com poltronas e sofás pra ficar deboas, e, o que fez minha alegria mais do que deveria, um céu estrelado de LED.

O garçom que me atendeu, amor de pessoa, quando perguntei se poderia fotografar um pouco o lugar pro meu blog, se propôs a me dar um tour e acender todas as luzes externas e internas pra fazer juz a beleza da decoração. Quando ele acendeu as estrelas de LED, MEUZAMIGOS, vocês não sabem o que é uma Suelen feliz.

Só fiquei enlouquecida desvendando como poderia fazer isso no meu quarto, pois preciso. Mas beleza! Não é tão complexo quanto parece hahaha basicamente luzes de LED posicionadas de maneira estratégica pra formar constelações por baixo de um papel adesivo preto fosco. <3
BISTRÔNAUTA CURITIBA

ATA mas aí vocês me perguntam; suele e a comida?

O que eu comi

Muito leza não consegui fotografar a comida com a Nikon, porque simplesmente tava sedenta e quando o prato chegou nem pensei ainda que iria fotografar o local – confesso, tava meio miada – só me veio a ideia depois de pagar a conta, rs. Mas cheguei a registrar com o celular pro stories do insta, então é o que vai rolar aqui pro post porque esse prato merece todo o meu respeito:

BISTRÔNAUTA CURITIBA

O cardápio do Bistrônauta conta com algumas opções de carne (Mignon, Salmão, Frango, e outros) para serem acompanhadas ou por risoto, ou massas, ou pelo acompanhamento padrão que conta com arroz, feijão, farofa e batata frita. Eu escolhi o Mignon com acompanhamento de um risoto de 4 queijos indecente de tão gostoso. Aaaaaaaaaa *eternal screaming*

Além do prato principal, teve ainda as opções de entrada de caldinho de feijão e de salada, e ainda a sobremesa do dia que era sorvete de creme com calda de frutas vermelhas. Aí vocês acham que eu comi tudo? NÃO.

Veio a saladinha e pá comi um pouco dela pois logo veio o prato principal e suelen carnívora deixou a coitada de lado. Gente, sabe o tamanho dos filézinhos da foto? Eles enganam. Primeiro porque são super grossos, e nossa senhora, eu quase não consegui terminar o prato. Valeu muito a pena. Fora que tava uma delicinha.

O valor, considerando a qualidade e quantidade da comida + ambiente + atendimento (o melhor possível inclusive), achei justíssimo. R$45 pela refeição completa (Ou seja, incluso entrada e sobremesa também).

BISTRÔNAUTA CURITIBA

Por sinal, essa foi a única foto que consegui aparecer, porque né. Calma, que voltarei lá com Hélio Neto pra fazer os look tudo.

Adorei o lugar suele, on jack fica o Bistrônauta?

BISTRÔNAUTA CURITIBA

Bistrônauta fica meio escondido a primeira vista, mas é só procurar a placa de foguetinho (acima) na frente do prédio preto e branco. Fica do ladinho de uma barbearia.

Av. Vicente Machado, 770
Curitiba/PR

Eaí? Curtiro as fotos?BISTRÔNAUTA CURITIBA

Preciso destacar que to adorando o pouquinho que to conhecendo da cidade. Na última vez que estive aqui, visitei dois parques lindíssimos (aqui e aqui) e o MOM, mas to considerando ir lá de novo só pra fazer mais fotos. <3

No mais, é isso aí! Se não conhecia o Bistrônauta, recomendo conhecer. E a galerinha inxtalover vai ficar ainda mais feliz de fazer fotinhas lá dentro pra turbinar as redes sociais.

E aos migos curitibanos, tem algum lugar bacana recomendar? Fala aqui nos comentários! Estou aqui só até terça e aí o circo se move pra SP (mais precisamente pro apê da Ana, tadinha)

Inclusive, aqui em ctba estou ficando em um apê lindíssimo de um casal mais lindo ainda, pelo Airbnb! Primeira experiência com o app e já to elaborando um post bem informativo contando tudinho. Se você tiver alguma dúvida sobre ou mesmo alguma dica bacana na hora de escolher o local da sua estadia, já deixa nos comentários também pra ele entrar como tópico no post que virá!

Tchau!

ps: tem vídeo novo no canal viu? Falando do abençoado Óleo de coco multifuncional da Embelleze e três formas de usar ele nas cabelas. Kedí você lá?

ps2: To postando foto nova TODO DIA no instagram do blog! Curitiba merece, essa linda. <3

ps3: Fazer conteúdo em ctba tá me dando também muita saudade da minha Manaus. Quando voltar vou tomar vergonha na cara e fazer posts bem legais mostrando no blog por que aquela cidade é meu ciúme. Ô lugarzinho abençoado!

13 dias de SP | Parte III

23jan

banner

Esse post faz parte da série de posts contando como foi minha viagem pra São Paulo, em novembro-dezembro desse ano que passou! Foi uma experiência muito gostosa e tem sido muito divertido relembrar e escrever sobre ela. Aqui vem a terceira parte, cheia de sorrisos, intrigas, aventuras, mafiosos, e tudo mais que se diz numa chamada de novela das 9.

Primeira parte da viagem aqui!
Segunda parte da viagem aqui!


Depois durante a semana, e com a CCXP se aproximando, mais um novo amigo entrou no bolo; o Alexandre. Sempre acho engraçado quando fazemos um amigo novo numa viagem sendo que ele vai voltar pra mesma cidade que você. (No caso o Alexandre é amigo de faculdade (?) do Tassomis) Porque o feeling que fica é que é mais um amigo de SP. Especialmente porque desde que voltamos, esse serumaninho só foi visto por nós duas vezes, numa mini-celebração do meu aniversário e num rodízio de pizza pro aniversário dele. :B (Sim, isso foi uma indireta bem direta, BORA MARCÁ ESSE ROLÊ)

No dia que o Alexandre chegou, foi o mesmo que visitamos o MASP (numa terça-feira, que até então eu não sabia, mas é o dia na semana em que a visitação ao MASP é totalmente gratuita! Fica a dica pra quem também não sabia <3), ou também o lugar que o Hélio mais ansiava visitar desde que marcamos a viagem. Devo dizer inclusive, que Hélio Neto tem me deixado bastante impaktadah e perplectah ultimamente. Nos últimos meses, ele mergulhou de cabeça no mundo das artes, fez alguns cursos que são daqueles mindfuck de abrir a mente com nomes importantes aqui de Manaus, e no geral tem evoluído muito como ser humano. Portanto, a visita ao MASP foi como ir pra Disney pra ele. Inclusive eu e Tassomis acabamos de ver tudo, sentamos pra patetar, e Hélio Neto ainda estava lá, concentradíssimo, absorvendo tuuuuudo de cada uma das obras expostas. Daí descemos, vimos o outro andar, descemos de novo pra esperar ele naquele espação aberto que não sei o nome que fica embaixo do MASP, e mds o menino ainda estava on fire no mesmo andar. Mas to relatando isso justamente pra deixar claro caso ainda não esteja, que foi muito legal ver Hélio tão feliz cercado por tantas obras de arte sensacionais. <3

No outro dia, visitamos o famigerado Beco do batman. Como boa ansiosa-louca que sou, parte de mim quis evitar ir pelo clássico “ah lá é de boa… só ficar ligada7

Migos, jamais dêem uma recomendação tão ambígua pra uma pessoa que sofre de ansiedade. Se fosse de boa eu não precisava ficar ligada. Socorro

Mas no final era de boa mesmo HAHAHAHA tinha além de nós por lá um grupão com câmeras caríssimas, e mais uma equipe de fotografia e alguns modelos. Foi bem suave e rendeu umas fotinhas lindonas pra enfeitar o instagram e também meu planner com uma polaroid do lugar. <3 e nossa, que lugar! Li que se chama assim por causa de um grafite misterioso do batman visto lá tempos atrás – apesar que dessa vez eu olhei, olhei, e não achei o bendito. Alguém sabe me dizer se ele ainda existe? Fica o mistério.

De noite, fomos a uma hamburgueria temática chamada Taverna Medieval, na Vila Madalena. A primeira coisa que notei quando entrei, foi o caricato Black Knight na entrada, que segundo um dos simpatiquíssimos garçons, falava alguma coisa quando passávamos na frente dele; mas o local tava bem barulhento e não consegui ouvir nada 🙁 (só imagino que possa ter sido alguma das famosas frases de efeito do personagem, mas aaaa queria ter testado) se você não sabe do que eu to falando e seu inglês é decente, clica aqui pra ver a cena e joga no google depois Monty Python and the Holy Grail. <3

O lugar tinha a decoração impecável inspirada na era medieval, sendo que no andar de cima, algumas espadas nas paredes eram famosas de séries e jogos (minecraft, senhor dos anéis, game of thrones, zelda, etc), uma das mesas na parte externa tinha o formato de um navio viking! E os lanches, claro, estavam ótimos. E o menu ainda tinha uma opção onde você rolava um dado (desses de rpg, de várias faces), e o número que caísse era o número do drink que você iria tomar. Tinha ainda um número específico onde você ganha dois drinks pelo valor de um! Foi bem divertido e os drinks são ótimos <3 sem falar nos nomes no menu, que são muito bacaninhas HAHAHA tem que ir lá e ver! O atendimento também foi nada menos que perfeito e caricato segundo o tema do lugar. Recomendo demaaaaais!


Fim da terceira parte do nosso mini-tour em SP! <3

Aguardem a parte IV 🙂

E gente, tem vídeo novo no canal especialmente pra quem vira e mexe pergunta como finalizo essa minha juba laranja! E o melhor, com produtinho nacional e multiuso. Clica aqui pra ver e não esquece daquele like maroto que é muito importante pra nóis. <3

Beijasssssss

13 dias de SP | Parte II

12jan

banner

Opa, dia 12  de Janeiro de 2017, é isso mesmo? JÁ?
Já. Tirei umas férias forçadas do blog nos últimos dias devido alguns acontecimentos (que não sei se falo sobre aqui ou não, mas por hora, vamos deixar como está), mas que graças a DEUS tudo vem normalizando, inclusive eu mesma. Oremos pra que continue assim. Que 2017 não seja um 2016S. AMÉM
Voltamos a nossa programação normal.


Esse post faz parte da série de posts contando como foi minha viagem pra São Paulo, em novembro-dezembro desse ano! Foi uma experiência muito gostosa e tem sido muito divertido relembrar e escrever sobre ela. Aqui vem a segunda parte, cheia de sorrisos, intrigas, aventuras, mafiosos, e tudo mais que se diz numa chamada de novela das 9.

Quer ler a primeira parte desse diário de viagem? Clica aqui! <3

Leia mais