Cabelos

Manteigas Capilares da Embelleze – Qual escolher?

Maquiagem

Minhas makes The Balm | Cores e brilho inacreditáveis!

Resenhas

Novex É do Babado by Evelyn Regly!

Posts marcados na categoria Fotografia

Sobre minha lente nova | 85mm 1.8

15maio

FOTOS COM A 85mm 1.8 DA NIKON

To de lente nova! Nessa última ida a São Paulo, eu, Karly, Ary e Hélio fomos até a famosa Santa Efigênia pois Karlybeth precisava comprar um cartão de memória. Mas como a vida é uma caixinha de surpresas, acabei saindo de lá tendo gasto 50% do valor total que eu ainda tinha para o restante da viagem de uma vez só, tendo comprado uma lente nova pra minha nikon bem loka e a vista. Tremi na base? Bastante, mas to muito feliz com a nova aquisição! (Muitas fotos lindas depois do pulo!) Leia mais

Bistrônauta: Comida e decoração | Curiando Curitiba

18abr

Pra quem não acompanha o insta do blog, saibam vocês que Suele está em Curitiba! E nessa primeira semana, fuçando o google maps, encontrei um lugarzinho muito promissor já pelo nome; Bistrônauta.

BISTRÔNAUTA CURITIBA Leia mais

Dia dos Namorados no Amazonas Shopping

05jun


O post de hoje ta literalmente só o amorzinho! Vim mostrar pra vocês o resultado do ensaio fotográfico da excelente equipe da Umbra Fotografia pra campanha de dia dos namorados do Amazonas Shopping! <3

Rodamos o shopping escolhendo e selecionando dicas para presentear nesse dia dos namorados. Espero que vocês curtam nossas escolhas! As informações de onde se encontra cada peça ta na foto, nessa legenda escurinha no canto inferior esquerdo. 🙂

Começando pela foto acima que sela o clima do meu ensaio com o Olhos Verdes; dois nerdões se divertindo e fazendo closes certíssimos com uma equipe de fotografia e produção seguindo eles pelo shopping no maior clima de “tamo vindo da escola pra zuá” (inclusive, obrigada a equipe por deixar a gente tão a vontade! <3)

Os detalhes do primeiro look tão bonitinhos ali na legenda na foto, então aqui vocês vão ter só meus comentários mesmo; eu to apaixonada por essa melissa! Além de confortável pra caramba, o que é essa cor maravilhosa? Combinou com o meu cabelo, choray. Nunca tinha usado macacão na vida (adulta), então demorei um pouco a me acostumar ksjdhajkdh parece que eu to com barrigão, mas ele ta dum tamanho ameno na real. O óculos da ferrovia; amor a primeira vista.

Esse look do Hélio foi uma mistura do que ele normalmente usa (camisas nerd) com o que ele nunquinha na vida usa, que é bermuda jeans e… Bem, qualquer sapato que não seja um tênis ou uma bota. Depois desse experimento social que foi esse ensaio, onde ele precisou sair da zona de conforto, finalmente consegui fazer ele perceber que ele fica lindo em outros estilos também. Blogayra lentamente tentando variar o guarda-roupa do boy, check!

Vou tocar a real com vocês, eu cacei na livraria o meu livro favorito e que seria perfeito pra essa foto, que é Eleanor e Park, mas não achei 🙁 então peguei esse que achei bem fofinho de capa, inclusive me interessei em ler no futuro. Esse vestidinho é a coisa mais linda e fresquinha da vida, amei real! E a melissa nem se fala, melissa é melissa. <3

A camisa do Hélio foi uma homenagem oculta a mim (MUAHAHA âncoras sereias e andorinhas), mas acabou combinando muito com ele também (o que não combina né, aff) <3 a calça skinny também foi novidade pra ele (que é coxudo que nem eu e por isso evita apertos), mas foi outra novidade que ele acabou curtindo.

 

“HAHA QUE ENGRAÇADO AMOR Hail Hydra.”

 

 

Hélio sendo fofo e eu sendo estranha. Nada de novo.

Vou aproveitar a deixa pra agradecer a Chay pelo excelente trabalho na produção desse editorial <3 vi ela correndo pra cima e pra baixo com a Jéssica da Neotrends junto comigo e as outras blogueiras pra escolher as peças pelo shopping e depois no dia das fotos pra que tudo ficasse perfeito; pois ficou!

Ok, vamos tomar uma pausa pra falar sobre como o Hélio fica lindo com camisa jeans de manga longa;



AFF <3

Sério, ainda vou tocar fogo acidentalmente em todas as roupas dele e refazer o armário todo. rs Amor se tiver lendo isso, é pura zoera saudável ta? Ou não
Ok, de volta em mim. :B

Fiquei me sentindo a Priscila Fantin em Alma Gêmea (lembram?) nesse vestido. TÃO LINDO ELE É, teria feito a Serena e saído andando descalça pela mata se não fosse esse sapato bafônico de maravilhoso também da Melissa. Ta muito rosa esse look, muito ariel, muito cute, muito suele sendo fofa.


“ESSE BALDE DE PIPOCA É MUITO ENGRASSSSSSSSADO” 

 

 

“Ai que fofo achando que eu ia dividir a pipoca rsrs noivo seu loko”

Eaí? Curtiram as fotos?
A gente se divertiu MUITO fazendo, e ainda tem mais umas duas ou três que não coloquei aqui mas que vão pro instagram do blog, então segue lá! <3

Ah! Lembram do projeto #Maio15? Foi legal enquanto durou né? Tipo três dias, porque morreu na praia. Suele viajou (e noivou, ta tudo no instagram) depois ficou doente de cama porque né. Quando chegar o dia em que eu volte de SP e não fique doente, eu faço uma festa. Enfim! Quem lembra a punição pra quem não cumprisse o projeto? aham. Relaxem que eu e a Monte o look estamos providenciando esse entretenimento pra vocês.

Inspiração: Fotografias que vão além da lente

05abr

Oi gente! Primeiramente, o blog não morreu; a dona sim, um pouco, como acontece de época em época. Suele está trabalhando forte o psicológico e o corpo pra mudar isso. Porque querendo ou não, o blog faz muito bem pra mim, então não vou deixar ele morrer (de novo). <3 Saudade de vocês!

Segundamente, o post de hoje é mais foto e menos papo, como a gente gosta; e carregado de inspiração e coisas lindas de se olhar. <3

Sabem como vira e mexe eu fico desenhando nas minhas fotos aqui no blog? Pois é; uma coisa a mais se faz necessária pra dar aque tchan numa fotografia comum, ás vezes. Tendo esse gosto em particular fico mais que encantada em ver fotos com algum tipo de manipulação (seja ela digital ou técnica), e com isso em mente decidi vir aqui mostrar duas fotógrafas que se destacam por seguir essa linha fantasiosa, com resultados de cair o queixo.

Gwen Von S. Ohana

A foto que abre o post é dela! Gwen tem toda essa vibe de quem saiu de um livro de contos de fadas logo de cara, e o trabalho dela não é diferente.

O talento dela já foi reconhecido de tal forma, que alguns de seus trabalhos foram destaque em exposição no renomado Museu do Louvre, em Paris, após ser finalista no concurso para o livro “The Dreamers Collection”. (Informação retirada do site dela)

Ela atualmente mora em Brasília, mas trabalha pelo país inteiro. É possível fazer contato com ela pra futuros trabalhos solicitando orçamento pelo site, clicando aqui! 🙂

E clicando aqui você tem acesso ao F.A.Q. super informativo que ela fez, resolvendo algumas dúvidas já em primeira mão. Vale a pena dar uma conferida!

Abaixo selecionei alguns dos trabalhos dela. E como foi difícil escolher, viu?

Pra visualizar as fotos em tamanho maior e melhor qualidade, acesse o site da Gwen!
Caroline Lins
Juro pra vocês que não é uma Kardashian. A Caroline atua aqui na minha terrinha, em Manaus, e segue a linha fantasiosa porém um pouco mais sóbria e visualmente mais vibrante se comparado com o trabalho da Gwen.

Reparei que ela faz mais efeitos técnicos (que não são retoque digital, e sim feitos na hora da foto), o que dá um plus na atmosfera que ela consegue capturar. Trabalho belíssimo!

Pra fazer contato e solicitar um orçamento com a Caroline, é só falar com ela pela página do facebook dela. 🙂 Aproveita e dá um bizu nos álbuns, onde tem outros trabalhos dela!
Pode fazer contato também enviando diretamente um e-mail para linscaroline@yahoo.com.br

Abaixo alguns trabalhos selecionados de lá:

O que acharam dos trabalhos? Não dá vontade de colocar um vestido medieval e umas asinhas de borboleta e sair pro meio do mato fotografar?
Agora quero saber, se vocês também conhecem algum profissional com esse toque especial em seus trabalhos, recomenda ele nos comentários! #sueleespalhandoinspiraçãoemagianablogosfera <3
Beijas!
PS: To namorando todo mundoooooooooo
PS2: Essa música vai sair da minha cabeça sabe quando?
PS3: Nunca. A resposta é nunca.

Look de Neve | Biquini Aniceta Vintage

16out
Socorro tem suele demais

Uma das melhores coisas em fazer seu trabalho direitinho, é o reconhecimento das pessoas e entidades certas! Desde as primeiras parcerias do blog, sempre o que apareceram foram lojas queridas que tinham tudo a ver com o meu estilo e dos meus leitores; coisinhas lindas com vibe retrô e vintage <3

Lembram da âncora de canetinha que o Olhos Verdes desenhou em mim no dia do look Trouble? Sim, as fotos são do mesmo dia HAHAHA

E a da vez não foge a regra; a Aniceta Vintage num belo dia de sol (redundante; suelen mora no sol em manaus) entrou em contato comigo pra me enviar um biquini da sua nova coleção (agora já é antiga, já tem uma nova de novo <3) pra que eu conhecesse a marca. Todas as peças são desenhadas e produzidas por eles, e eu poderia até falar como QUE COISA MAIS LINDA MODEUSO é o que eu ganhei mas vou deixar vocês mesmos observarem nas fotos <3

Não sei por quê, se foi a cor, ou os botões delicados em formato de coração, ou a quase-gola peter pan, mas algo nele me fez me sentir uma sailor em sailor moon. HAHA <3 Super confortável, com bojo (não sei usar nada sem bojo, me sinto a madonna na outfit de cones) cai super bem no corpo e não me apertou ou cortou nas extremidades (sempre acontece com biquinis que são -quase- do meu tamanho) e nos tons de rosinha pastel e azul claro. Eu usei um filtro que eu amo do VSCO Cam nas fotos do post, mas a cor original do biquini não muda quase nada, só fica é mais clarinho na real. Você pode ver fotos dele na loja aqui!

Claro que suele não seria suele se não desenhasse os doodles que surgem no momento da edição por cima da foto, né? Né. Dessa vez, quis seguir a vibe navy mais ainda e me fazer de sereia, mas não qualquer sereia e sim uma bela duma úrsula cor de rosa! HAHAHA não não sei por quê. Quis e fiz. <3

Obrigada Aniceta, amei o presente! Super confortável e não deixa a desejar na vibe cheguei-agora-dos-anos-60. Eles têm muitos outros modelos inclusive de maiôs, e agora mais recentemente uma linha de bijus originais feitas a mão pela dona! Muito amor envolvido! <3 #comprodequemfaz

De onde é cada coisa:

Choker de âncora da Cuplover
Biquini Turqueza por Aniceta Vintage
Anel de estrela-do-mar do Ebay
Óculos gatinho da Choies
Quimono da Romwe

Que acharam da suele-úrsula-retrô-cute?
Beijas!

PS: Passei pro terceiro desafio do We Love Fashion Blogs! AAAAEEEEEEEE SOS COMO RESPIRAOSHJKLAHJ
PS2: Infelizmente o próximo desafio não tem votação popular 🙁 mas quero a energia positiva de vocês comigo ok? </3
PS3: Já to aperreada de ideias e não consigo coordená-la socORRO
PS4: A bicha é branca viu? As veia aparece tanto que quem vê de longe pensa que a senhora é verde viu?
PS5: bye

Uma faísca positiva | #WLFB3

01out

Como muitos por aqui já devem saber, fui selecionada para o top 100 do concurso/gincana deste ano da maravilhosa Petite Jolie em parceria com a Zattini, o We Love Fashion Blogs 3. E o primeiro desafio? Um post aqui no blog contando pra vocês como eu me mantenho otimista!

Antes de mais nada, vamos acertar o clima do post; dá play na playlist abaixo, que eu montei especialmente com algumas das minhas músicas favoritas pra ouvir quando to me sentindo pra baixo. A ordem também foi organizada com cuidado, indo do mais sensível (e que vai combinar lindamente com as fotos do post), pro que mais me coloca num humor bem pra cima de cantar gritando no meu quarto. <3

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=videoseries?list=PLkAMQd2a_bnJ3XPWQNQkcR4FH4lW8D_U5&showinfo=0]
Então, vamos lá. É curioso escrever tanto aqui pro blog como vou escrever agora, por mais que eu adore escrever, vocês já notaram que não tem muito disso por aqui. Porque por mais que eu tenha começado o RDN como um blog 20% pessoal e 80% utilidade pública, esses 20% meio que se perderam no meio do caminho, porque eu costumo achar que ninguém vai se interessar em ler sobre a minha vida (não que não seja interessante, mas na matéria de novela mexicana, posso atestar que tem melhores no SBT) e portanto meu urge de agradar quem lê me impede de entrar nesse assunto por aqui. Mas hoje, aaaaaaah hoje. Vocês vão conhecer mais da tia Suh do que muita gente que me conhece até pessoalmente. Especialmente pelo projeto fotográfico que acompanha o texto, que fiz com o Olhos Verdes especialmente pro tema.

E quando eu estava pensando em como ia elaborar esse post e suas fotos, me veio uma verdadeira epifania… Eu não sou uma pessoa otimista. (Insira aqui som de madames burguesas agarrando suas pérolas em choque) Mas dada a minha vida diária dentro de casa e no convívio familiar, eu luto todos os dias pra inserir otimismo e energias boas onde couber e onde convir, porque é só isso que consegue me manter em movimento, mesmo que nem sempre eu consiga fazê-lo. E é exatamente disso que se trata a temática obscura porém mágica das fotografias.

Como não sei se todo mundo vai compreender o motivo da temática escura das fotos, eu vou simplificar; o cenário escuro é a representação da minha psique emocional, que sofre de picos de depressão e ansiedade. As luzes representadas são as faíscas de otimismo e boas energias inseridas por mim mesma no meu dia-a-dia, que embelezam, consolam e adicionam leveza a tudo que iluminam, facilitando a convivência com essa alma trevosa e gótica que Deus me deu, já que me livrar dela não é uma opção. Acredito que não tem representação mais perfeita do meu estado de espírito constante, então, aproveitem as fotos e tenham a certeza de que olhar pra elas, é olhar dentro da tia Suh de uma forma bem íntima.

E sabendo que (infelizmente) to longe de ser a única por aí nesse tipo de situação emocional constante, acabou que a ideia realmente pode vir a ser de alguma utilidade pra você, floquinho, que também tem um pouco de dificuldade em ver além do nevoeiro e já tentou outras receitas de bolo pra conseguir atingir esse estado de espírito, porém, sem sucesso. Pois não desista ainda porque aqui vou fazer um DIY psicológico bem bacanudo pra você praticar e hopefuly começar a enxergar todas as cores do arco-íris. 

Mas tia Suu, uma das coisas que são mais claras do Rosto de Neve é a forma irreverente/engraçada/pateta com que você escreve. COMO ASSIM você não é otimista?

Minha personalidade sempre foi essa mesmo, a abestalhada pateta com alter-ego de adolescente emogótica de sitcom americano, que sente uma alegria imensa em fazer outras pessoas rirem e com o tempo acaba fazendo isso sem nem perceber, e quiçá se eu estiver num dia muito bom, fazer até esses receptores esquecerem um pouco dos problemas do dia-a-dia. Provavelmente é um tipo de mecanismo de equilíbrio e empatia, já que esquecer um pouco dos problemas de vez em quando pra aliviar a carga do stress diário é uma coisa fundamental pra sanidade de algumas pessoas. E por algumas pessoas, eu quero dizer eu, aham. E também, infelizmente, é sabido que as pessoas mais visivelmente engraçadas e de bem com a vida, são secretamente as mais tristes longe dos olhos alheios. Por isso, é importante sermos bons e gentis com todo mundo, pois não dá MESMO pra saber pelo que cada pessoa passa somente pelo que ela deixa passar em público.

Quero já me desculpar de antemão se esse post, que supostamente deveria ser um poço clichê de energia positiva e arco-íris duplicados, acabar parecendo meio melancólico. É natural, já que as dicas aqui são pra ajudar uma fração específica dos leitores, que são aqueles que não conseguem ver o lado bom de tudo tão facilmente, seja por problemas pessoais ou condições psicológicas intrínsecas em si mesmos. Pensando nisso, eu acredito que até o final desse post, você que está lendo e tem estado debaixo de uma nuvenzinha escura, vai se sentir melhor e até | pre-para | mais otimista!

Eu gosto de pensar que o otimismo não é uma força absoluta. Até porque se fosse, ele funcionaria em todo mundo, sem exceções. Mas não,  ao parar pra analisar o lado abstrato dele, eu concluí que penso no otimismo, o pessimismo, o niilismo, enfim, todos os ismos como faíscas de ignição, que agem de forma diferente dependendo do -veículo-. (Aloka se metendo a usar metáfora de carro quando não sabe nem abrir o capô do próprio) Então, vou listar aqui algumas faíscas que tem funcionado pra mim na situação em que me encontro, e que talvez até funcionem pra você, que também tem enfrentado alguns barrancos;

Abraço peludo

Vocês lembram no início do ano, quando a Mika virou estrelinha após dois longos anos de vida de hamster, e uma semana e um dia depois, minha poodle amada Nicole de 11 aninhos também acabou seguindo a colega ratuda depois de uma batalha árdua contra o câncer? Pois é. Até então, quando a coisa ficava complicada e eu perdia a vontade de sair da cama, bastava um cheiro no cangote da Nicole ou um beijo na barriga que enfurecia a Mika, pra renovar as energias e abrir os olhos pra sim, coisas ruins acontecem. Mas eu dou um jeito. Pra tudo se dá um jeito. 
Eu só percebi como esse fator do amor animal era tão importante pra minha psique, depois que eu já não tinha mais isso. Que foi quando eu entrei numa depressão absurda, que pra ser sincera até hoje não consegui sair por completo. Por sorte, agora tenho há dois meses um gato gordo pra afundar a cara na esperança de recuperar o sorriso quando a coisa aperta. Já abraçou seu peludo hoje?

Colo do melhor amigo

No meu caso, meu melhor amigo é o Olhos Verdes mesmo, não tem jeito. Dito esse tópico como melhor amigo e não como namorado porque o título da pessoa não importa, mas sim o nível de apoio que você tem nela. E muitas vezes, infelizmente, não temos essa energia positiva disponível dentro da família. Quando você tem uma pessoa que genuinamente te quer bem, um chamego ou abraço dela te passa uma luz interior quase que por osmose. Já abraçou seu melhor amigo hoje?
Isolamento sonoro


O nome é chique, mas eu to falando de ouvir música. Sério, só isso.
Música no meu caso é algo que realmente me move, é uma forma mais agitada de meditação. Inúmeras vezes já me peguei num bloqueio criativo ou mesmo de energia, sem conseguir sair da cama por pensar que o dia seria de cão. Nessas horas, é altamente recomendado colocar um fone de ouvido bem maneiro e tocar músicas que te dão gás. Que abrem várias portas na sua mente e a expandem, só de estarem tocando tão pertinho. Inúmeras vezes eu já quis desistir de algo por estar com absoluta certeza que tal coisa ia dar errado, e ouvir alguma das minhas músicas favoritas me faziam esquecer um pouco essa sensação e a substituía por vontade de tentar. Quem é louco por música como eu, entende exatamente do que eu to falando. E não apenas ouça, escute a música! Reflita sobre a letra, imagine o embalo da melodia, crie histórias na sua mente com essa música como trilha sonora. Já ouviu e cantou gritando seu 4 Non Blondes – What’s up hoje?
Se afastar de pessoas tóxicas

Da mesma forma que podemos ter na nossa vida pessoas que vão dividir seu otimismo e boas energias com a gente, existem também outras que tão ali especialmente pra fazer o contrário. Mas como identificar?
Uma pessoa tóxica:
  • Te coloca pra baixo, tira seu mérito quando você cumpre alguma tarefa
  • Tem prazer/não sente remorso de falar coisas nocivas sobre outras pessoas (vide tópico pessoas racistas/homofóbicas/machistas/etc)
  • Regorgizam da falha de outras pessoas com quem elas não se dão
  • Te manipula de forma sutil pra colocar as necessidades dela acima das suas
  • Faz uso de chantagem emocional pra manter a “amizade”
  • Te inferioriza com a intenção de te monopolizar só pra ela (o famoso ninguém mais vai te aguentar como eu aguento)
Se você identificou alguém na sua vida com a lista acima, corra. Se identificou esses pontos no seu atual parceiro, corra mais longe ainda.
Até a pessoa mais otimista do planeta pode ter sua energia sugada sem perceber simplesmente pela convivência com ideias nocivas de outras pessoas. E com energia não se brinca, viu galera?
Já deu perdido num amiguinho sociopata hoje?
Ser bobo de vez em quando

Me lembro alguns anos atrás, quando ainda patinava com frequência; o parque onde eu praticava já estava fechando e na pista de patinação só haviam eu, uma amiga, e outros dois amigos que comandavam o aluguel de patins. Estávamos patetando enquanto eles arrumavam tudo pra ir embora, e eu particularmente já tinha uma tristonhice no rosto porque o dia seguinte seria uma segunda-feira e eu ainda não me sentia pronta pra encarar uma semana pesada. Eis que começa a chover forte na pista, bem do nada mesmo. Minha amiga me puxou pra dançar, correr, passar pelas poças maiores, tudo de patins. Me senti renovada depois, mesmo que por algo tão bobo. E essa dica vale pra muitas coisas, como dançar sozinho no quarto, cantar como se estivesse sendo julgado no X-factor no chuveiro, até arrumar o guarda-roupa ou fazer uma maquiagem artística de zumbi usando estojo de maquiagem da barbie. Já foi um amendo-bobo hoje?
Visualize os resultados

Ás vezes eu to bem ruim pra dar início ao meu dia, sério. Tenho coisas pra fazer, lugares pra ir, mas tudo me parece inútil já que eu não me sinto inspirada nem motivada e provavelmente vou fazer errado mesmo. É aí, que eu enterro um pouco o processo, e me foco no resultado. Tenho uma prova pra fazer, mas me sinto muito estúpida pra estudar e ter algo saindo disso. Mas, se eu tentar mesmo assim, não vou ter nada a perder e ainda posso suceder e ainda entrar de férias mais cedo. (Exemplo que parece ter sido tirado de livro infanto-juvenil, mas na verdade saiu de mim, palmas) Funciona da mesma forma quando não me sinto inspirada pra fazer uma ilustração que preste, ou ir fotografar um look pro blog porque a auto-estima ta lá no submundo, ou de começar outra faculdade mais específica com medo de eu não ser boa o suficiente. Visualizo o e se. E se ficar bacana? E se der certo? Vai que rola? O que eu vou perder tentando? 
Já foi fotografar aquele look babado pro blog hoje?
Evite se comparar

Como indivíduos, somos diferentes e portanto existimos de forma distinta nessa bolinha chamada Terra. Se comparar não seria válido mesmo se sua história, bagagem, habilidades, dentre outros, fossem os mesmos que os de outra pessoa, porque quem você é em personalidade, caráter, sentimentos e particularidades continuarão sendo diferentes. Já me peguei triste me comparando com outras pessoas mais novas mas que já realizaram muito mais coisas que eu. E adivinha no que isso mudou minha motivação? NADINHA – Na realidade pode haver uma piora, e isso é tão infundamentado que chega a ser triste, galera. O que pode funcionar? Se recompensar sempre que conseguir atingir uma meta. Seja você porque ninguém mais vai ser, tudo em seu lugar, sua hora, e seu canal. Já se deu um mimo por ter realizado uma tarefa hoje?

Chorar

AFF Suelen, tava indo tão bem, pera que vou colocar Evanescence no sonzinho e já venho pra ler essa maracutaia.
Parece totalmente o contrário do propósito do post, mas analisando só um pouco, podemos ver que não é; inserir otimismo e boas energias no seu dia difícil é uma coisa feita por etapas se você não for suscetível naturalmente a ver o lado bom da vida com facilidade, como tia Suu aqui. E a primeira etapa, quando a coisa estiver bem feia mesmo, é extravasar. Chora!
Põe pra fora, para de fugir do que você vem desviando desde o início do dia na esperança de que ignorando, essa vibe fosse desaparecer.  Não tem nada de errado com isso. Somos todos humanos, portanto não somos simples, somos seres muito complexos. Então se em certo momento você sente que vai transbordar mas fica segurando porque tem medo de parecer fraco; deixa fluir.
Fluiu? Tá mais leve? Ótimo! Agora é só voltar e praticar os tópicos anteriores e ver qual deles funciona melhor pra faiscar essa lindeza interior que você tem escondidinha pra ninguém ver. 

Infelizmente a vida de ninguém é perfeita. Todos lidamos com ela da forma que conseguimos. É importante encontrar uma forma que vá te fazer bem, afinal há pessoas na sua vida que te amam mais do que você imagina ou mais do que elas deixam transparecer, e a vida delas sem você nunca seria a mesma, assim como o mundo também não seria. Por isso, antes de pensar em formas radicais de amenizar suas dores, procure olhar pra frente. Olhe pra si mesmo e procure sua faísca. Quando chover, sinta a água lavar de toda energia negativa a alma e o coração. Quando escurecer, procure as estrelas. Quando vier o sol escaldante, corre pra sombra porque sério, faz mal pra pele. E se for manauara então, dentro de casa já vai pegar uns bronze.

E também, aos floquinhos que precisarem, mini-suu e seu divã estão aqui pro que vocês precisarem sempre!

Tó aqui uma das minhas faíscas só pra você! <3 Só cuidado pra pegar na pontinha do cabo porque esse trem me queimou umas 3 vezes. Mas foram queimaduras positivas, ok? Ok.

Agora levanta a poeira e mantenha em mente que você é único e especial da sua maneira no mundo, e se os dias iluminados não vierem sozinhos, ilumine-os você mesmo com uma faísca positiva e insista sempre na ignição.

Esse post foi feito para o primeiro desafio do We Love Fashion Blogs 3, da Petite Jolie e Zattini! A partir do dia 2 de Outubro, ele vai estar para votação junto com os outros blogs participantes, pra que eu continue na competição e passe pra próxima fase. Se você gostou desse post, clica aqui e vota na tia Suh! <3


Beijos faiscantes!

Disclaimer: Todas as fotografias usadas neste post são autorais e não é permitido seu uso para fins lucrativos ou pessoais.

1235