04 março 2015

Eu vou pra Londres com a Bruna Vieira! + ódio gratuito na internet


Como vocês já devem estar sabendo pela minha postagem na fanpage do blog, sim. O concurso da Kipling com a Bruna Vieira? Yep. Eu ganhei. Até hoje a ficha não caiu direito porque isso é TÃO incrível, mas sim, eu ganhei. E nossa, quando eu soube eu gritei, chorei, deu um tilt no meu cérebro por alguns longos segundos... Foi tipo, um dos melhores momentos da minha vida junto com o meu primeiro e único aniversário surpresa em 2013, o dia em que eu consegui passar na minha prova de direção depois de 6 provas e dois processos de um ano cada fracassados, o dia da cirurgia de remoção de tumor maligno da minha avó que havia sido um sucesso.

Fiquei tão feliz que sim, entrou pra esse ranking super exclusivo que até então não havia exigido de mim mais que estudo técnico pra conseguir (no caso da prova). Foi a primeira vez que coloquei minha criatividade a prova de forma que eu consegui aprovação máxima. Então é, até agora, palavras não descrevem.

Exceto que essa alegria foi murchada e espancada com um taco bem rápido.

Todos sabemos que pessoas sabem ser más na internet. Até as que não são na ~vida real~, tendo uma ferramenta tão poderosa como as redes sociais, aprendem a ser cruéis pra desabafar sabendo que não haverão quaisquer consequências. E quer saber, eles têm razão.

Já se passou uma semana desde o resultado do concurso, e todos os dias têm sido a mesma coisa.

Entro no facebook, pessoas estranhas na minha caixa de spam do inbox falando que a minha ilustração estava bem ruim e que eu não merecia ter ganho.
Entro no instagram, comentários maldosos de estranhos em várias das minhas fotos, no meu direct, pessoas criando fotos nos seus instagrams pessoais falando como esse concurso foi injusto, comprado, que eu sou rica e comprei o resultado (ok, essa parte bem que eu queria que fosse verdade porque né /desempregada)
Entro no twitter, alguém criou uma conta fake meio boba especialmente pra falar mal do julgamento da kipling em escolher uma mochila tão ruim como a minha, e afirmando que só ganhei porque sou, adivinhem; blogueira.

(A mochila em questão que me custou cerca de um dia e meio em horas somadas pra concluir)

E nos 45 do segundo tempo e consigo fazer minha participação pro mochilão da @kiplingbr a @depoisdosquinze ��✨E nos 45 do segundo tempo e consigo fazer minha participação pro mochilão da @kiplingbr a @depoisdosquinze ��✨ dei meu melhor nesse, agora deixemos na mão de Deus haha pra ver se 2015 ainda tem salvação yasss. �� a minha mochila tem como objetivo ser bonita mas também espaços e compartimentos pra torná-la funcional ✌�� dois mapas (o segundo pra quando o primeiro for perdido, porque né sou eu) �� guia gourmet porque repôr energias é tipo super importante (sério, penso na nossa saúde mesmo) (por isso a estampa é um cupcake, faz um bem danado pra alma gentes) �� -alguns- cartões de memória pra câmera. Não muitos, uns 30 acho que talvez dêem conta, probably. �� detector de zoella para fins de tietagem, com regulagem para tom hiddleston e a rainha. �� simulador de sotaque britânico pra gente falar chique. BROTHAH PÁSS ME DÊ WATAH (brother pass me the water VIU QUE ÚTIL i'm a genius) �� máscaras de dormir representando toda a maturidade envolvida nas duas mochileiras. �� proteção ocular modelo adulto e sóbrio. �� macaco vigilante que grita caso nos distanciemos mais de 2 metros da bolsa e, mais importante, é muito fofolindo. �� dispositivo metálico de hidratação depois de excesso de risadas (it happens) �� e por fim bottoms especiais arquitetados pra aliviar a saudade das filhas das mochileiras, a qual com o toque envia um carinho na barriga via satélite na filha em questão. Top priority. (Editei a descrição caso não dê pra enxergar tudo que ta escrito, rs) Eai, o que acharam? �� @depoisdosquinze @kiplingbr aqui fica meu apelo #melevakipling pra Londres que eu prometo que vou me comportar (probably) ❤️������ #melevakipling #kiplingbr #brunavieira #mochilãokipling #ilustração #creative #backpack #macaquinho #minisuu #dogs #hamster #concurso #sorte �� #blogger #rostodeneve
Uma foto publicada por Rosto de Neve (@rostodeneve) em
Ah, mas o melhor, e que mais me deixou estarrecida, foi a acusação equivocada de que eu infrigi as regras. Vou aproveitar esse post pra esclarecer e talvez conseguir com que você que me acusou disso coloque a mão na consciência e se desculpe pela calúnia.

Criaram uma hashtag (que não teve muita repercussão) pra me tirarem o primeiro lugar, alegando que eu infrigi as regras fazendo reposts. Dois, pra ser mais exata, e que foram apagados rapidamente dias antes da data limite de postagem. Na época eu fiz porque vi todo mundo fazendo (pior coisa, eu sei), e nem me toquei. Mas ainda bem que me toquei bem antes, percebendo que reposts prejudicavam quem fosse postando por último, e como eu percebi? Porque eu entrava todos os dias na hashtag pra ver os novos participantes e ficava profundamente irritada porque não conseguia, só via milhares de repostagens de alguns outros que já havia visto dias atrás) mas não passou pela cabeça de mais ninguém que isso podia ser errado ou que poderia estar prejudicando os outros participantes, ou até pensaram nessa parte e deixaram e continuaram de má fé, pra serem vistos mais do que os outros. Sério que isso não passou pela cabeça de mais ninguém que podia ser, sei lá, errado? E quem é condenada sou eu, uma das poucas pessoas que apagou os reposts bem antes de eles sequer contarem pra alguma coisa (já que os apagados foram só os reposts e portanto não apareceram dentre os quase 3 ou 4 mil novas postagens dos dois dias antes do prazo final)?

Daí fica a dica da próxima; pense nos outros que estão na mesma posição que você numa competição. Quer concorrer, concorra limpo. Aí sim dá alguma moral pra vir falar qualquer coisa sobre seja lá quem vença ao invés de você, e mesmo assim a moral só permanece se você usar argumentos melhores e mais consistentes do que "tinham mochilas melhores".

Então é, tem sido meio complicado. Nunca lidei com hate na vida porque sempre fui na internet exatamente o que sou na vida real; gente boa, humilde, simpática, altruísta, fiel e você pode ir confirmar com qualquer pessoa que já teve qualquer contato comigo, incluindo meus leitores que são no momento o que eu mais tenho de precioso nesse blog, que é o tanto de apoio que eles têm me dado, e por isso nunca dei motivo pra receber hate. Sério, eu sou uma das pessoas mais tranquilas pra ver o melhor das pessoas que vocês vão conhecer.

Então por tudo isso pode-se dizer que ainda to meio chocada com a capacidade do ser humano de ser ruim simplesmente porque outra pessoa sucedeu ao invés deles em uma coisa. Em um concurso de uma coisa tão pura, artística, e divertida como é o desenho. Uma vez.

E não, não adianta vir comigo com o discurso de "liberdade de expressão". Porque uma coisa é liberdade de expressão, outra muito muito diferente é uma coisinha chamada discurso de ódio, onde você usa sua opinião não pra firmar uma posição, mas pra maltratar, humilhar, e diminuir outra pessoa ou uma classe/raça/etc. Então não. Apenas pare.

Francamente, como essas pessoas vão encarar a vida quando outros sucederem ao invés deles em outros momentos da sua vida? Porque meu filho isso vai acontecer e muito. Tenham noção, que com relação a desenho, essa é a segunda vez que eu ganhei na vida alguma coisa. A primeira foi quando eu tinha 13 ou 14 anos e um desenho meu de uma ninja do ragnarok foi escolhida dentre outros poucos desenhos pra ser a nova tela de carregamento do servidor em que eu jogava na época. Ganhei 1 milhão de zenys, um chapéu raro, e um pet ainda mais raro da espécie bolinho de arroz e foi in-crí-vel. Mas foi isso, depois disso participei de muitas coisas mais e nada, nunca. Logo é compreensível a felicidade e êxtase que eu senti ao saber que finalmente algo meu foi reconhecido mais uma vez, e que eu ia conhecer cidades de um país maravilhoso com uma pessoa da qual sou fã desde a época do dito ragnarok. Mas alguém quer saber disso? Não. 

Muitas pessoas me disseram que eu devia falar algo com a Bruna, afinal os ataques vêm exclusivamente de pessoas declaradamente apaixonadas por ela e pelo trabalho dela.E gente, entendo suas preocupações... Mas não, né? Já estou com vergonha de estar externando todo esse meu incômodo no meu facebook e aqui no blog, não quero colocar a Bruna (que no primeiro dia entrou em contato comigo pra me parabenizar (quase caí pra trás de ver ela falando comigo, diga-se de passagem) e aproveitou pra me dar um toque sobre o assunto e me fazer sentir melhor com relação ás mensagens maldosas que eu já tava recebendo publicamente no instagram dela e da Kipling) e muito menos a Kipling, que ofereceu essa oportunidade incrível igualmente pra todos que participaram. Inclusive, fico com sangue nos olhos quando vejo em alguns desses ataques os direcionados ao julgamento da empresa e da Bruna. Cadê a gratidão por todas as promoções e atividades que ambos promovem sempre? Somem no momento que vocês não são os vencedores da vez? Cês juram que não tem nada de errado com isso?

Pessoas que dão o seu melhor também perdem. Eu já perdi tantas vezes em tantas coisas que perdi a conta. Mas sério, acho que nem quando eu era criança (e olha que eu fui uma peste de má durante uma fase da minha vida) eu atacava pessoalmente alguém que sucedeu em algo que eu também estava tentando. Ninguém que eu conheço já fez algo parecido. É algo realmente chocante pra mim em presenciar e pior, sentir na pele o que agora eu sei que muitas blogueiras (e outras profissões que ganham destaque na mídia como atrizes, cantoras, jornalistas, etc) passam todos os dias em números infinitamente maiores. O psicológico exigido pra se aguentar essas coisas e não correr pra ficar em posição fetal na cama é uma coisa realmente muito punk.

Então pra você aí, que foi uma das pessoas que decidiu espalhar seu ódio gratuito seja pra mim ou pra qualquer outra pessoa em outra situação parecida; como se atreve?

Vou falar de forma bem geral e não aplicado somente a mim porque eu acredito que essa situação seja bem maior que somente eu, mas vou me usar de exemplo em alguns.

Seu valor não se define no que outra pessoa superou você em qualquer coisa. Se define no que você tira dessa derrota. Amargura ou experiência?

Sua visão sobre o que é bom o suficiente ou não, não é a visão universal. Aprenda a lidar com isso pra não ter experiências ruins no mercado de trabalho e na vida pessoal no futuro.

Enviar mensagens anônimas cruéis podem te fazer um bem falso na hora. Mas entenda que o alvo vai continuar com a sua vida e mesmo que sua maldade o tenha atingido na hora, isso logo passa. Sua atitude infantil não. E alimentar algo assim não é a coisa mais esperta que você escolheu fazer.

Já existe muita ruindade no mundo sem precisarmos da impunidade do anonimato da internet. Pessoas sendo más com as outras simplesmente porque sim. (quem nunca sofreu bullying em algum momento na infância, né?)

Se você precisou fazer ataques pessoais pra alguém que sucedeu sobre você em algo não relacionado ao pessoal (como no meu caso, onde uma mocinha super bonita decidiu me chamar de "p**inha do cabelo ruim" a troco de... Bom... Alguma coisa), tem certeza que é com essa pessoa mesmo que você está com raiva? E não do seu sentimento de que não fez o seu melhor como ele ou ela fez?

Se você está irritado porque a pessoa que sucedeu sobre você em algo tem expressado sua felicidade em seus perfis pessoais e por isso enche o peito pra dizer que ele ou ela "precisa ser mais humilde" (yep), reflita e compreenda que não é ela que é desumilde. É você que é invejoso. Totalmente errado seria essa pessoa ir no seu perfil cantar vitória de forma insensível.

Eu sei que todo esse meu discurso não vai fazer você, troll declarado de internet, mudar e evoluir suas atitudes online. Mas com um pouco de esperança penso que pode até fazer você repensar, mesmo que por um segundo. E pra mim isso já basta.

Então vamos pôr a mãozinha na consciência não só quanto a esse caso, meu caso é um dos mais light na verdade! Mas com relação a tudo. Bullying, slut-shaming, vazamento de fotos privadas. Todas essas coisas que talvez um dia sumissem se todos fizessem sua parte em não fazer parte.

Quero deixar claro que esse post me serviu como desabafo e os comentários anônimos estão liberados pra vocês falarem o que quiserem aqui. E que eu to disposta 100% a conversar de forma civilizada com quem quiser.

Mais amor, por favor.

PS: Fiquem com a reação da May-Doo ao saber do resultado do concurso.

28 fevereiro 2015

TV de Neve: A diferença do cabelo com e sem fitagem

OPA como assim um vídeo novo suele?
Meu quarto está sofrendo uma pequena reforma e enquanto ele não termina ainda consegui um espaço legalzin pra gravar vídeos sem meter a cara na lente! UHUL
Esse vídeo é bem curtinho do jeito que a gente gosta pra mostrar pra vocês o que e como eu faço pro meu cabelo ficar sempre cheinho e cacheadinho mesmo o coitado estando ainda com 80% dos fios lotados de química. Procedimento altamente aconselhado caso você tenha o cabelo cacheado virgem pra um efeito fabuloso.

Nota: a técnica não funciona bem em quem tem o cabelo fininho e liso, ok? ;(

Dá o play!




Primeiro de tudo: SIM EU TO FORA DE FOCO, perdoem, preciso de uma câmera com foco automático pra parar de fazer origami com esse meu papel de trouxa. ;( mas a técnica ta aí explicadinha e com resultados na hora!

Espero que vocês gostem! Não esqueçam de dar o joinha e se inscrever no canal, seus lindo. E senta todo mundo pra assistir a tia suh pagando mico AÊ!


BEIJAS!

PS: Próximo vídeo; tia suh enlouquecida ao saber que ganhou o mochilão da kipling com a Bruna linda Vieira. BYE

19 fevereiro 2015

Look de neve - White days


Sim me empolguei um pouco (!!!) com o photoshop nessa primeira foto, mas prometo que foi só nela. Ou não. Enfim!
O look dessa vez foi uma coisa bem levinha e festiva pra um programa como o que eu fui na ocasião; barzinho com os amigos no feriado de carnaval. Eta coisa boa! <3


Trilha sonora do look, dá o play e aproveita que só o RDN te apresenta músicas tão legais assim <3



A coroa de flores diferentona é da G. Offer, que fez contato umas semanas atrás pra me fazer uma fada feliz enviando duas de presente. <3 Já usei ela outras 3 vezes e nem liguei de ainda ser estranho usar isso na minha cidade, porque sério, ela é tão linda <3 ainda mais com a cor do meu cabelo CONVENHAMOS *marcha da humildade rolando*

 Ruth e Raquel nesta ordem

A blusa eu comprei na C&A do Manaura Shopping, e o short já é velho e portanto o mais confortável que eu tenho. :) a bolsa é da Imaginarium e as botas OMG as botas. DEIXA EU FALAR UMA COISA DESSAS BOTAS.


Elas chegaram da Choies essa semana e em 3 dias que a tive já usei 2 vezes. Na primeira me arrependi amargamente por não ter usado uma meia, porque esse material que é um couro fake (?) sua pra caramba. Mas na segunda vez aprendi a lição e sério, a plataforma da frente dá a sensação de estar usando um saltinho <3 minha avó fica aterrorizada de me ver nela porque acredita que eu vou topar e quebrar o calcanhar HAHA para vó.

Por ser uma compra pela internet é normal bater o medinho, mas fui de qualquer forma e se colasse ia pedir sapatos só da Choies por um bom tempo, por conta da entrega certa e do preço menor. Então que bom pra mim! <3


A maquiagem leva os queridões de sempre; delineado gatinho (sort of) e batom da lime crime. O vencedor da vez foi o Wicked, que é um vermelho mais fechado pra combinar com a coroa de tons frios e quebrar o light da blusa de camponesa.


Let's be hipster!

Só mais um poquinho de photoshop! Gente isso vicia.

Bora ver os links e o look ilustrado? Bora sim.




Blusa: C&A
Short e cinto de moedas: Riachuelo
Bolsa: Imaginarium


Não sabe comprar na Choies? Fiz um tutorial aqui.


Bye! <3


16 fevereiro 2015

Contos de Neve #1

2015 começou meio turbulento, como vocês puderam perceber (dois posts post-mortis ou seilá como chama seguidos? Não, turbulento nem começa a cobrir), mas aos poucos as coisas foram melhorando. Como isso aqui não deixa de ser um BLOG e eu prometi pra mim mesma que em 2015 ia voltar ao âmbito mais pessoal que ele tinha no início (sem perder os meus amados posts de resenhas e compras ÓBVIO), decidi esporadicamente contar as situações mais bestas/incríveis que me acontecem, porque elas são muitas e fico mal de não dividi-las porque também são até divertidas. Então vamos ao primeiro conto do ano! E apertem os cintos porque envolve o sobrenatural UHUL BUH MODAFOCA


O ano novo foi bem miadinho, isto é, enquanto eu fiquei acordada. Passei na casa do Olhos Verdes com um outro querido amigo e uma Tainá (brincadeira meu amô), mas eu e ela desmaiamos lá pelas 1 da manhã. Gente velha é gente cansada, né? Quem se divertiu (ou não) foram os dois que decidiram ficar nas cadeiras de balanço da varanda e presenciaram algo que eu bem que queria ter participado, mas nhé. O sono falou mais alto.

Segundo o Olhos Verdes e o Drico, a casa inteira já tava em silêncio enquanto eles estavam se balançando e conversando sobre nada lá pelas 3 da manhã (yep), quando de repente o Paco (cachorrinho da avó do Olhos Verdes), que passou o ano novo com a gente na casa dele, levantou loucamente de onde estava deitado perto deles pra perseguir alguma coisa invisível que, segundo o foco dos latidos dele que foram "andando" como quem persegue um gato em cima do muro; veio lá debaixo subindo a escada, parou na frente deles perto da janela, e depois de alguns segundos seguiu pra mesa onde estavam as comidas da ceia mais cedo.


Nem preciso dizer que eles SE CAGARAM de medo e depois de alguns momentos congelados seguiram correndo pra dentro da casa, pro quarto onde eu e a Tainá estávamos desmaiadas dormindo. Eles não nos acordaram pois imagino que ainda estavam com o cagaço os paralisando, mas ok. Mas depois de manhã quando acordamos (com fome) e fomos informadas do acontecido, foi quando surgiu a brilhante teoria de que; A Tainá era o fantasma!




Não sei se vocês estão familiarizados com projeção astral (clica no link pra tendê), mas tudo se encaixa; tanto eu como Tainá estávamos apagadas MESMO, e captem o seguinte, ambas somos gulosas pra c****** mas só ela foi dormir alegando estar morrendo de fome. E nos foi dito que o ~fantasma~ ficou focado na mesa da ceia. Logo, podemos concluir que foi a projeção da consciência da nossa amiga faminta querendo comer de qualquer jeito mesmo que este tenha que ser em outro plano de consciência. Fiquei até em dúvida porque sair do corpo pra comer é a minha cara também, mas eu tava sem fome então nem. Era a Tainá. Com fome, como sempre.



E assim começou 2015 pra tia Suh! *esperando aplausos* Será que alguém leu tudo? Foi tão curtinho, oxe.
Abrazos e fiquem ligadinhos para os próximos episódios porque já lembrei de três outras situações de Janeiro pra contar. E uma do ano passado que eu acho que vou contar assim mesmo porque foi muito loco esse dia.exe

Beijas!


14 fevereiro 2015

Tutorial: Como compartilhar fotos do instagram direto na fanpage do blog

Eu demorei pra descobrir isso então SEI LÁ quem mais não esteja na dúvida, né? Pois dá sim, e é muito simples e rapidinho!

Primeiro, na home do seu instagram, clique na engrenagezinha indicada na imagem, ali no topo.



 Nessa janela de opções, role pra baixo até ver a opção CONTAS VINCULADAS:


Aqui ficam as contas de redes sociais vinculadas a sua conta no instagram. No caso eu só tenho ativas o facebook e o twitter. Clica no Facebook.


Clique em "compartilhar no" (como indica entre os parênteses, no momento tá acertado pra tudo ser compartilhado na minha linha do tempo)


É aqui que eu sempre me perdia, porque essas opções da parte "escolha uma página" demoram alguns segundos pra aparecer! Então se a princípio só tiver a Linha do tempo disponível, relaxe! Espere um pouco que suas páginas vão surgir logo abaixo.


 E é aí que você clica na página que você quer, que é pra onde vão suas fotos do insta quando você escolher compartilhá-las no facebook. Ou apenas deixe marcado a Linha do tempo como tá aqui no meu se você quiser que suas fotos do instagram vão direto pra sua linha do tempo normalmente.

Fácil né?

Muitos bezos. <3

PS: Esse blog ta parado? TÁ SIM, mas porque tem muuuuuitas novidades na minha vida dentro e fora dele, que vocês vão ficar sabendo em breve por meio de um post só pra isso.
PS2: I might have fucked up a little
PS3: Agora eu tenho um baymax inflável pra me fazer companhia! <3
PS4: BYE


06 fevereiro 2015

Chegou: Maquiagens Lime Crime

EDIT: Chegou ao meu conhecimento recentemente de que o site da LC foi hackeado e muitas informações pessoais dos clientes (oi, cartões de crédito) foram roubadas pelos responsáveis. Needless to say estou morta de medo pelas minhas informações pessoais no site e por isso, já aviso a quem estiver lendo o blog, não comprem na Lime Crime até que isso tudo seja resolvido. Eu sei que eu não vou mais :( os produtos são ótimos mas o serviço, uuuuuugh. (Edit feito dia 20/02/15 ás 18:40)

Parece um papel de parede do site, mas é só uma foto que eu fiz da caixa. QUE CAIXA LINDA MEU DEUS 

Ah, a Lime Crime! Que marca danada pra fazer coisa linda. Quando eu soube que iam lançar uma cor desaturada e matte corri pra garantir a minha, que acabou tipo MUITO RÁPIDO no estoque. Mas depois de dois meses (sim, demora pra caramba), meus novos velvetines da marca chegaram! <3 GUENTA CORAÇÃO!

Na caixa vieram 5 velvetines (batom líquido matte), um batom de unicórnio, e um glitter de olho

Antes que vocês me batam não, não são todos meus! Como já recomendei outras vezes quando forem fazer pedidos internacionais onde o frete é caro, eu juntei o meu pedido com os pedidos de duas amigas! Daí sai bem mais em conta. Dividir frete é amor. E visualmente a caixa ficou bem mais bonita TRÁÁÁ
Vemver os meus aborzinhos (fotos sem qualquer efeito de action ou mudança de cor/contraste na edição) <3 :


O Cashmere é o mais novo dos velvetines até agora. Tanto que a caixinha dele é um pouquiiinho diferente dos demais. É um nude acinzentado que lembra muito meu atual amor que é o velvet teddy da mac, porém menos saturado e mais matte. Achei sutil, achei dia-a-dia, achei noite de fiesta combinando com um olho marcadão que eu ainda vou aprender a fazer um dia <3 calma que ainda to entrando nesse mundo de "maquiagem não é só batom e rímel"!


O Utopia é um que eu relutei em comprar porque não sou muito fã de rosa, mas a matiz dele é mais puxadinha pro lilás do que o real velvetine rosa, e acabei tentando. E acabei amando! <3 nem ideia de como vou usar ele ainda, mas mds que dá um TCHAN o bichinho dá. Ele também é matte, como todos os velvetines, mas como eu precisei usar flash pra não formar sombras BIZARRAS no meu rosto, pegou um pouco de brilho nas fotos tudo. O mais próximo do real dele é dessa fotinha inferior a esquerda, com pouco brilho e uma saturação lascada de forte.


Outra aquisição minha nessa leva foi esse glitter pros olhos que não, eu não faço IDEIA de como vou usar (partiu youtube) mas comprei porque; tava em promoção; a cor é maravilhosa; é glitter; glitter brilha; A COR É MARAVILHOSA!


To numa dúvida muito séria sobre quais dos dois velvetines foi meu favorito. To apaixonada pelo cashmere mas confesso que to mais afoita por conta do utopia, mas em parte porque eu realmente achei que eu ia odiá-lo HAHAHA <3 ok, empate.

Tanto o Cashmere como o Utopia estão esgotados no site :((( mas eles voltam ao estoque rapidinho! E você pode ativar a opção de ser avisado por e-mail também (que é o que sempre faço), é só clicar aqui pra também ver todas as outras cores, inclusive as que ainda estão disponívels (ainda tem o pink velvet, o suedeberry, e o amor maior da minha vida que é o red velvetine, que já usei 10x aqui no blog.)
Compre o Glitter de olho do zodíaco aqui 
O outro da foto lááá em cima é um batom de unicórnio (sim) na cor centrifuschia (também esgotada) e tem também outras cores lindas, vem ver todas clicando aqui.
Vale destacar que quando eu to deprimida recorro ao instagram da marca pra ver o tanto de criações lindas que os compradores fazem com as makes da marca. E o tanto de cabelos coloridos? Vem ver que lindeza <3

Espero que tenham gostado das fotos! Qualquer dúvida sobre compras no site, podem perguntar que eu respondo tudo que eu souber <3 Beijas!

PS: Graças a vocês me dando força nos últimos posts e na fanpage eu já estou sim bem melhor <3 obrigada, floquinhos que eu amo!
PS2: Precisei de 3 lencinhos demaquilantes pra tirar completamente esses velvetines. Tão liberados e aprovados até pra micareta, que locura
PS3: CÊS VIRAM MEU NOVO PIERCING??? <3 Ele é furta-cor! Parece um arco-íris ao vivo HAHA TO XONADA
PS4: Me dei a missão de fazer dois looks esse fim de semana, aguardem updates.
PS5: Mais gente linda me desenhando! Posto tudo no instagram do blog! <3
PS6: Voltarei com as encomendas de ilustração oficialmente na segunda-feira! Quem quiser fazer orçamentos, fiquem ligadinhos na tua suh.

Próxima Página Início
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...