Beleza

Resenha | Família Novex Santo Black Poderoso

Look de Neve

Look do dia | Cutie Pie

Beleza

Resenha | Novex Santo Black Poderoso!

13 dias de SP | Parte II

12jan

banner

Opa, dia 12  de Janeiro de 2017, é isso mesmo? JÁ?
Já. Tirei umas férias forçadas do blog nos últimos dias devido alguns acontecimentos (que não sei se falo sobre aqui ou não, mas por hora, vamos deixar como está), mas que graças a DEUS tudo vem normalizando, inclusive eu mesma. Oremos pra que continue assim. Que 2017 não seja um 2016S. AMÉM
Voltamos a nossa programação normal.


Esse post faz parte da série de posts contando como foi minha viagem pra São Paulo, em novembro-dezembro desse ano! Foi uma experiência muito gostosa e tem sido muito divertido relembrar e escrever sobre ela. Aqui vem a segunda parte, cheia de sorrisos, intrigas, aventuras, mafiosos, e tudo mais que se diz numa chamada de novela das 9.

Quer ler a primeira parte desse diário de viagem? Clica aqui! <3

Leia mais

Ano novo – Com que cor eu vou?

27dez

header

Passar a virada do ano usando branco é uma tradição e tanto; tanto que hoje em dia, nem questionamos mais o por quê disso. Mas se você é como eu, que usa branco todo ano e sua paz não aumenta nem diminui, ou se você já tem paz o suficiente na vida GRAÇAS A DEUS, que tal nessa virada experimentar uma cor diferente?

Dei uma pesquisada em alguns sites pertinentes e cheguei ao seguinte guia pra você, coleguinha, atrair todas as energias que quiser nesta famosíssima meia-noite. Selecionei as cores mais populares e que dentre as pesquisas pra mim tinham os significados mais diferenciados e relevantes, mas se a sua favorita não está na lista, vale a pena checar o amigo google porque ela pode ser exatamente o que você precisa. Quanto ao nosso guia, a mini-suu vai bem fofa orientar vocês a seguir.

Lembrando que não é preciso se dar ao trabalho de usar o look inteiro em uma cor só, ok linda? Pode ser um acessório ou a famigerada lingerie, ou a combinação das cores escolhidas se você tiver bem indecisa.

Vermelho

1 2 3

Achou 2016 muito paradão? Sem grandes emoções? Não conseguiu nada com os crushes? Talvez o vermelho seja exatamente do que você precisa, miga. O vermelho é a cor da paixão, e isso não necessariamente se aplica SÓ ao campo carnal emocional. Também te ajuda a ter motivação pra concretizar novos projetos e alcançar objetivos. Além, claro, do já conhecido sex appeal envolvido. Quem só se lascou no amor em 2016 e ta entrando naquela fase agora eu solteira e ninguém vai me segurar vai se agradecer por ter escolhido que seja um único acessório dessa cor pra passar a virada. Se quer começar o ano mergulhando em novas emoções, vai de vermelho.

Amarelo (Dourado)

1 2 3

Tive que abreviar as duas cores porque elas são muito próximas – e também porque todos os sites que olhei ou tinham os significados juntos em uma só delas ou separadas, então vamo resumir né?
Se 2016 foi aquele ano com muito boleto e pouco saldo no banco, amarelo é a melhor opção pra quem como eu não aguenta mais ser lisa. Além de atrair a sumida riqueza, também atrai energias positivas como alegria e contentamento. Também é uma ignição pra despertar a criatividade que talvez tenha estado muito parada esse ano que passou. É uma ótima cor pra publicitários como eu por exemplo, que precisam se manter criativos e parar de serem lisos.

Verde

1 2 3

Sentiu que o universo conspirou contra você em 2016? Que certas coisas que podiam ter dado errado, deram? Rachou a tela do celular mais de três vezes? Se você quer atrair mais sorte, prosperidade e auto-confiança nesse ano que entra, verde é a melhor opção. Também atrai saúde, energias naturais da terra e equilíbrio emocional. Ah, e a Pantone jura que a essa cor é a cor de 2017, então vou entender isso como um sinal do universo também.

Azul

1 2 3

Ta estressada linda? Se meteu em muita briga no facebook esse ano? Levou processinho por xingar muito no twitter? Azul é a cor pra você, e talvez um cházinho também. Eu sei porque preciso.
Azul é a cor que vai trazer tranquilidadepaz de espírito, as famosas good vibes, aquela voz da consciência que faltava pra você ter foco nas suas ideias e preservar sua saúde mental, ao invés de perder a calma e estragar seu dia. É mais uma cor que inspira saúde. O que faz sentido já que se estressando todo dia é capaz de a gente estourar uma veia, né não? Nesse 2017 eu prometo ir com calma, se vocês prometerem comigo <3

Rosa

1 2 3

Só teve decepção amorosa em 2016 e isso acabou mexendo mais do que devia com você? Sente falta de ter um amorzinho pra chamar de seu e assistir série juntos num domingo chuvoso? Rosa pode ser o que você procura, miga.
O rosa atrai afetividadeunião, então ta valendo também caso seu casamento esteja marcado pra esse ano, pra garantir que vai dar tudo certinho antes e depois da união oficial. Também vale para aquele outro tipo de amor que a gente tanto tem tendência de negligenciar, o famoso amor-próprio. Até porque sabemos que, não dá pra amar outra pessoa antes de amar a si mesmo, não é? Nessa virada, use rosa pra se lembrar que você é maravilhosa e merece ser amada, acima de tudo, por você mesma.

Preto

1 2 3

Não lacrou o suficiente esse ano? Preto é a cor pra isso. Está relacionada a forçaperseverança, então tem tudo pra ser a cor perfeita se nesse ano você quer ter mais iniciativa de liderança e ser dona do bagulho todo. É também aquela cor diferentona que todo mundo vai te olhar torto por usá-la em um evento feito o ano novo, mas você não vai estar nem aí pois você é apenas muito foda pra se importar.

Fontes de pesquisa aqui, aqui e aqui!

E é claro, dado o fato de que 2016 foi um ano histórico no quesito montanha-russa de emoções, sempre existe a possibilidade de passar o ano assim, só por segurança:

1 2 3 4

E aí? Já decidiu que cor usar? Ou qual combinação de cores?
Por que você acha que precisa dessa cor pra 2017? Me conta nos comentários.

Beijos e, claro, FELIZ ANO NOVO! <3

PS: Até o final do ano teremos DOOOOIS sorteios no instagram do blog! Um, que é exclusivo pras manas e manos de Manaus, já ta no ar! O próximo (que será nacional) vou liberar até o reveillon e aviso aqui. <3

PS2: Até o final do ano /2 ainda vai ter a parte dois do diário de viagem de SP. Vou amar ver os comentários de vocês aaaaaaaaaa

PS3: Playstation 3

PS4: São neste momento 4:32 da manhã e foi só agora que eu terminei as mini-suus ilustradas pra esse post. Socorr | agora são 5:55 e eu acabei de fazer as fotos pra um post no instagram também. Amém deusa da produtividade que baixou em mim hoje!

PS5: Vou guardar os gatos que tão soltos pela casa e ir dormir adieu

13 dias de São Paulo | Parte I

23dez

banner

É fato: só não gosta de viajar, quem nunca o fez. Eu mesma antes de subir num avião pela primeira vez desde que adquiri consciência (subir num avião por 30 minutos com 5 anos de idade NÃO CONTA, BELEZA?) sequer tinha vontade. Na real, minha ansiedade falava mais alto toda vez que eu pensava em subir numa cápsula de metal há quilômetros de distância da terra firme, mas a gente lida, né?

Inclusive se toda essa sequência de acidentes aéreos tivesse rolado na mesma época que eu tive de entrar num avião pela primeira vez, dificilmente eu teria entrado. hu3
Aliás, que caramba de onda mortal foi essa? Para com isso, universo 🙁

Enfim. Graças a Deus correu tudo bem dessa vez, e não só deu como foi a nossa segunda melhor viagem juntos (a primeira naturalmente foi a que Olhos Verdes me pediu em casamento, né), foi simplesmente perfeita! <3 Vou dar uma resumida aqui agora pra quem quiser ler. Ou seja, vocês. Tão aqui não é só pra brincar com o interruptor de luz do layout que eu sei. (Na verdade não sei não, ele é bem legal de vdd rs)intro

Pra início de conversa, essa viagem teria sido BEM diferente se não fosse pelo fato de que não ficamos num hotel como sempre, e sim de fato na residência de alguém; esse alguém sendo a maravilhosa Ana Arantes do Bolas de Meia. <3
Simpática que é, a Ana já havia oferecido o apê dela pra gente ficar várias vezes (na época era um lugar diferente, nunca chegamos a ir lá), mas no final sempre acabávamos no mesmo hotel, que era o Ibis Budget da Consolação. Como dessa vez ficaríamos mais tempo do que sempre ficamos, acabou calhando de essa oferta rolar de novo e acabamos poupando uma bolada de grana que gastaríamos com 12 noites num hotel. Sério gente, viva a Ana!

mortadelaE que lugar aconchegante aaaaaa acabou piorando a minha doença e a do Hélio de que toda santa vez que visitamos são paulo queremos ficar pra morar. É uma condição real tá? Pesquisei e muita gente tem isso também. A vibe do lugar é muito gostosinha e muito bem localizado também (por razões óbvias não vou dar detalhes, mas o lugar fica consideravelmente perto da Av. Paulista <3), tem mercadinho, drogaria, padaria, bar, estação de metrô, tudo coladinho no prédio dela. Então sim, demos muita sorte. :B Ainda mais que sou uma pessoa extremamente crisada e sedentária e não gosto de andar demais pra lugar nenhum (Exceto que nessa viagem andei para caralh) então a localização realmente caiu do céu. Ainda mais que junto dele vinha a cadelinha mais carinhosa de sampa, a Mortadela. Carinhosamente apelidada de “morta”.

No primeiro dia não fizemos muita coisa durante o dia, até porque tentamos poupar os programas mais legais pra quando nosso amigo chegasse na cidade, que seria no dia seguinte ao nosso. Mas acabamos conhecendo uma pessoinha muito bacana que nos levou pra almoçar numa hamburgueria muito bacana na Brigadeiro, enquanto nos enchia de histórias de vida que de fato só se pode escutar de alguém viajado para um caramba como ele é. Claro que estou falando de Renato. Que foi sem dúvida uma das melhores pessoas que conhecemos nessa viagem. (Não fica se achando não!) (mentira, pode se achar sim. <3)

Nessa primeira noite nos reunímos com a Sarah e cia e conhecemos um lugar que eu acho que definiu bastante o espírito de aventura gastronômica das viagens; não interessa se em manaus você só come sushi se for frito, em são paulo vai comer comida diferente sim!

Conhecemos então um lugar escondidinho na Augusta chamado Hi Pokee, um restaurante havaiano! <3 De primeira não curti muito o cardápio porque sou bem quadrada pra comida (paladar bem infantil meeeesmo), mas daí vi umas opções interessantes que pareciam legais de tentar pelo famoso vai que. Daí vocês pensam “nossa suele você comeu lula polvo jacaré o que” eu comi… Frango.

Me deixa, foi frango com uns vegetais e vocês sabem que eu odeio vegetais. Não me arrasa não.

Enfim, no Hi Pokee você pode montar seu prato, e manas que prato grande! Estávamos em três casais então cada casal pediu um. O meu e de Olhos Verdes tinha cubos de frango, chips de batata doce, rabanete, cenoura (BEM DIFERENTONA ESSA CENOURA, nunca vi tão boa mds como assim me ensina hipokee), tomate-cereja, arroz branco, tarê, maionese e cream cheese! (Aaaaaaaaa escrever isso deu saudade). Final da ópera, amei e quero voltar lá quando estiver em SP novamente. c_c

2No outro dia, Aninha tinha aula de dança de salão. Ela faz trinta mil atividades e eu como sedentária depressiva fiquei impressionada. E antes da aula fomos todos para o_ponto obrigatório de turista numa cidade grande, que foi visitar uma Starbucks. O que resultou numa fotinha muito bem sucedida no meu instagram, mostrando as stilettos maravilhosas que a Unhas de Vênus pôs em mim antes da viagem. E que agora me deixaram pois o tempo de manutenção caiu durante a viagem e portanto, as bichas foram descolando sem forças depois de 20 e poucos dias, sendo o tempo de manutenção 15. Agora a UdV está viajando e eu to com as minhas unhinhas normais até ela voltar </3 moving on.

Essa visita ao Starbucks foi bem intrigante. Paguei um shake de morango pra uma garotinha de rua que entrou no lugar com os dois irmãos. Fiquei um misto de triste (pela situação dos três) e satisfeita (por ter colocado um sorrisinho na cara deles), então foi estranho. O número de moradores de rua na cidade grande chega a ser assustador pra mim como forasteira de Manaus. Claro, temos moradores de rua aqui também, infelizmente… Mas em questão de número, SP chegou a me assustar várias vezes. Acho que é uma das poucas coisas que me chatearam na cidade. 🙁 Cada virada de esquina o coração partia mais um pouco…

Naquela noite Aninha nos levou pra conhecer mais alguns amigos maravilhosos dela, em uma cervejaria muito charmosa na Vila Mariana, incluindo as duas colegas de quarto do Renato que são um mozão e um mozão de cabelo de sereia. Mais duas pra lista de pessoas que amei conhecer nessa cidadezona.3

Enfim, se tem uma coisa que eu sou viciada, são garrafas de cerveja diferentonas, que mais tarde acabo usando como vaso de flores assim na cara dura, porque penso que é pra isso que elas existem tão lindas e decoradas, né non?

Inclusive, pra escolher a que eu ia experimentar eu fui bem madura, bem intelectual, bem connoisseur. Escolhi pela embalagem mais legal.

E assim veio a Easy Dive, ou como eu e Ana chamamos, a cerveja da baleia. Descobri que tenho mais isso em comum com Aninha, adoramos baleias. Ambas levaram uma garrafa da baleia pra casa. <3 Mas o Hélio em toda sua glória de melhor namorado que existe ainda me comprou a Cosmonauta, uma cerveja escura com dois astronautas na embalagem. Quase caí pra trás de amores.

Essa foi a primeira parte do diário de viagem de SP! <3 Fiquem ligadinhos pros próximos posts e obrigada pela visita, seus lindos.


Vou adicionar um pequeno adendo cheio de amor em agradecimento a sempre linda Petite Jolie porque eles me surpreenderam duma forma muito fofa antes da viagem. Segue a foto no instagram com a legenda contendo a cartinha que acompanhava a caixa.

screenshot-at-dez-23-17-07-05

Obrigada PJ, sua linda! <3

Até o próximo post!

1234561