Cabelos

Gostaria de entrar e tomar uma xícara de café?

Pessoal

Em um relacionamento sério (comigo mesma)

Beleza

Suelen e o BFF viajante

Posts marcados na categoria Ilustração

Batom preto, sim ou claro?

30out
Ah! Como eu adoro falar de polêmica.

Estes dias ensolarados tive o prazer de conhecer o batom black velvetine da maravilhosa Lime Crime. To tão acostumada com a fabulosidade da marca que nem rolou aquele choque inicial de “WOW pera, mas batom PRETO? Tipo, pra fazer fantasia pro dia das bruxas né?” NAY.

É verdade que ele choca, mas batom roxo, laranja e outras cores que não são da gama de vermelho pra rosa também chocaram a princípio. Mas agora todo mundo quer usar roxinho na boca hein? Bem sabemos que moda é um bagulho totalmente mutável. Se um dia você já usou ombreiras com lantejoula, um dia você deve usar um batom preto também. Até por que, por que não?
Clica no “leia mais” pra ler o post inteiro!

O que acontece é que primeiro é preciso desconstruir a ideia de que só gótico-do-mal-que-dorme-em-cima-de-túmulos-alheios-no-cemitério pode abusar da cor preta. Não é bem assim que a banda toca. A essa altura do campeonato já sabemos que preto não precisa exalar tristeza. E que pode muito bem exalar elegância e classe, além de ter toda aquela parafernalha de que afina a silhueta e não sei mais o quê. (Pena que roupa preta realmente faz calor pra c&%*$#)

Quem nunca ouviu da avó ou da mãe “que isso menina? vai pra um funeral?” vou, mãe. Vou pro funeral do patriarcado. Não me espere acordada.

Pois bem, hoje em dia o preconceito com full black ainda existe, mas é aquela coisa que eu adoro falar aqui; usa o que você quiser e dane-se o resto! <3
Então pra provar que a ideia de “UGH BATOM PRETO QUE HORROR É O CAPIROTO” pode ser desconstruída, separei umas fotos bem bacanudas de gurias usando o tal (não necessariamente o da Lime Crime, muitas marcas têm a cor viu?)  e divando também.

(PS: Algumas fotos são clicáveis pra ir direto ao blog das donas. Outras não porque eu achei jogadas no google sem mãe nem pai 🙁 meh)

E esse TCHAN que dá tanto em pele negra quanto branca? E como casa com raiz escura em cabelo platinado? <3 ai gente, sério. Podem me chamar de doida, to acostumada, mas que lindo isso. <3

Com cabelo colorido nem se fala. Lindeza-maravilha. Btw pode abandonar o ruivo pra pegar aquele tom de azul ali da direita? Só um pouquinho </3
Não precisa parecer do mal pra usar batom preto, tá gente? Fikdik. É só ser linda como você já é e fazer catwalk que ta tudo bem.
Será que deu pra desconstruir pelo menos um cadiquinho o preconceito? Espero que sim, mas se não deu, de boas também! Podemos todos conviver em paz mesmo tendo opiniões diferentes, basta ter respeito <3 então nada de apelidar a coleguinha na rua que usa batom preto de "maria satanás" ta bom floquinhos?
Beijas pro seu preconceito velado. FAB

Blogueiras que já usaram

Julia Petit

Sim, a diva master Julia Petit já usou e fez ainda um post sobre como usar e como ela gostou do resultado <3 ta aí outra maravilha da cor, também fica lindo em ruivas. 😀 Clica na foto dela pra ir até o post!
Renata Fukuda
(Umbigo sem Fundo)

Outra ruivinha pra lista, a linda da Renata do blog Umbigo sem Fundo. Ela conta no post que queria um batom preto pra testar se ia gostar de como fica nela, e apostou em um bbb da vult (que infelizmente pelo que li tem uma cobertura pobrinha. Então vamos de black velvetine da lime crime que esse não decepciona jamais!) Clica na foto pra ver o post! 😀
Ariã Yamanaka
(Segredos de uma gueixa)

A Ariã é um amorzinho de blogueira, além de linda, tem um conteúdo bem bacana e diferente! Ela fez um post ensinando a fazer essa make em vídeo e vocês podem conferir clicando na foto!
Preciso falar que o pretão pega super bem em asiáticos também? Precisa dizer não né?
Tem ainda mais essas lindas lá do DDM que fizeram a bondade de postar suas obras no post onde eu pedi, clica na foto de cada uma pra ir até seus blogs <3

Eu já garanti meu black velvetine no site da lime crime, e quando chegar, vou montar um look bacanudo que eu espero que vocês gostem e não tentem me jogar numa fogueira. <3

Mas pera que ainda tem uns links úteis procês!
13 batons pretos listados pela Valentine Voodoo
Inspiração de maquiagem com batom preto pela Morangos e Caveiras
Tumblr dedicado apenas a fotos de pessoas divando de batom preto

Bora arrazar de boca preta?

Primeiro vídeo do blog: Receita de hambúrguer caseiro recheado!

27ago

Me segura rozana que eu fiz um vídeoooooooo!
*raios e trovões*

Tá, vocês já sabiam que eu ia fazer esse vídeo porque já falei várias vezes da produção dele lá na fanpage.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=sv54j20GtDw?list=UUSa2QtgjYb7gQhh8KwIXiAw]

Como já diz aí nos créditos, quem gravou foi o Olhos Verdes, que foi também quem fez as animações lindjas que só ele consegue *orgulhinho* as ilustrações como podem imaginar são minhas. E sim, o resultado ficou gostoso pra c*%&#(*¨

Uma coisinha que não falamos no vídeo porque obviamente eu esqueci, mas o queijo e o presunto podem ficar inteirinhos dentro do hambúrguer também, não precisa necessariamente picar tudo loucamente ok?
Partindo daí vocês podem inventar mais ingredientes ou temperos diferentes, eu e o Olhos Verdes estamos experimentando pra caramba esses dias hahaha #gordos <3

Espero que perdoem os óbvios errinhos e minha travação, não sou muito extrovertida na frente de câmeras mimimi vou tentar melhorar isso nos próximos vídeos! Mas pro primeiro acho que ta deboas~

Falaram aqui que eu tenho sotaque GENTE É VERDADE ISSO???? COMO ASSIM?
Ah ó se tiverem qualquer dúvida sobre o preparo ou sei lá o quê por favor não hesitem em perguntar aqui nos comentários ou lá no canal mesmo! (AI QUE EMOÇÃO EU TENHO UM CANAL SEGURA ESSE FORNINHO)

Prints das partes mais lezas, pfv

Pra quem quiser conhecer o portfólio do Olhos Verdes, é só clicar aqui. Ele é Motion Designer de uma produtora incrível daqui da cidade, de vez em quando tem obra dele passando na tv *peito inchado de orgulho* <3

Assistam e me digam o que acharam, AH e se inscrevam no canal e dêem joinha no vídeo ok? ok <3

Looks ilustrados da Franciny

26jul

Penso que boa parte de vocês já conhecem o blog da Franciny Ehlke, aquela fofa. Bom a encomenda do dia foi dela, e foi a mais divertida que eu faço em dias, já que sempre me encomendam banners de blog, dessa vez não; foram looks do dia! <3

Me atrapalhei muito pra deixar essa saia parecida, mas no final até que ficou legalzin. Sou ALOCA dos cabelos, então sempre que precisar desenhar cabelões, morrerei feliz.
Esse acabou sendo meu favorito hahaha porque foi bem mais elaborado e é sempre assim; quando tenho que fazer mais de uma ilustração por vez, conforme for passando a próxima sempre vai acabar ficando mais caprichadinha. E eu aprendi a desenhar um xadrez bonitinho, which is awesome.
            
Eeeee é isso por hoje!
Beijosmil galero, que hoje é sábado e eu to trabalhando e portanto vocês devem 
estar tendo um dia melhor do que o meeeeu. <3
Ok, tchau.
PS: VEM. CURTIR. A. PÁGINA. NO. FACE. QUE TÁ FALTANDO SÓ 15 PRA DOIS MIIIIIIIIIIIIIL #AFOBADA #AFOITA #SOS 

Sorteio: Ilustração personalizada e caneca!

14jul
Cês já devem ta de saco cheio de olhar pra essa ilustração né? Mas dessa vez é por um bom motivo!

SEGUNDO SORTEIO DO BLOG AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE


E o prêmio é
UMA ILUSTRAÇÃÃÃÃO!


E UMA CANECAAAAAAAAAA!


E A ILUSTRAÇÃO ESTAMPADA NA CANECAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!


Ok, chega.

Que tal ganhar uma ilustração personalizada (no estilo aquarelado do início do post) pra usar no seu blog/site/onde quiser, e ainda uma linda caneca com a mesma ilustração estampada?
O blog Rosto de neve (http://www.rostodeneve.com/) e a página Suelen Lima Ilustrações juntaram-se numa união inédita linda e espiritual MENTIRA somos a mesma pessoa (Eu sou a Suelen Lima. Vocês já deviam saber a essa altura. To de olho.), para presentear um leitor do blog com uma ilustração aquarelada digitalmente para uso livre e ainda uma caneca com a mesma ilustração aplicada, enviada direto para sua casa.
São apenas três passos simples pra participar! Tá esperando o quê? 

Para participar, é só seguir as seguintes regras:
– Compartilhe esta foto em modo PÚBLICO no seu perfil no facebook
– Curta a página do blog
– Clique em “Quero participar!” no app do sorteio!

Algumas informações úteis:

– O resultado será em um mês (no dia 15/08/2014) e o ganhador terá 48 horas para fazer contato comigo pelo inbox na página do blog ou por e-mail (suelen.suu@gmail.com), e caso não o faça, o sorteio será feito novamente.

– O prazo de produção da ilustração é de UMA SEMANA e a caneca será enviada por e-sedex para o o endereço do vencedor. (Que de acordo com os correios, deve levar 4 dias úteis pra chegar.)

– Pra produção da ilustração eu vou precisar apenas da foto que você quer que eu use como base.

– A ilustração será feita no máximo da cintura pra cima.

– Pode pedir adição simples de detalhes (um colar, um brinco, uma auréola, dois chifrinhos, whatever) que não esteja na foto base. Pelo amor do amor não vão pedir pra incluir animais. D: Isso classificaria uma ilustração a mais!

– Não são só mulheres que podem participar, a ilustração não tem limitação de gênero. 

Qualquer dúvida é só perguntar aqui nos comentários!
Boa sorte floquinhos de neve! 


————————————————————————————————————
Mudando de assunto agora, ontem eu fui marcada um post muito jururu lá no grupo DDM no facebook:


 Então naturalmente eu fiz isso:


Que bom que você gostou Déborah!
Feliz aniversário gatenha! 😀

E assim partimos, amanhã se tudo der certo tem mais um post contando sobre a minha experiência com um controle remoto pra minha nikon que funciona maravilhosamente bem e custou 98 centavos. 98 CENTAVOS! Enfim, fiquem ligados na fanpage do blog pra ficar sabendo mais!


Tchaaaau!

Selfies ilustradas e passo-a-passo

09jul
Outro dia tomei vergonha na cara e me desenhei, como já me prometida faz tempo. Primeiro fiz uma com traços mais puxados pro cartunesco (pouco realista em proporções) que acabou ficando amorzinho:
Pra quem não lembra do post de look do dia (foi o anterior galera, pelo amor) essa ilustração foi feita baseada nessa foto:

Agora, como podem ver foi um estilo diferente do que eu geralmente faço. (Pra começar tem um nariz de ser humano, TA?) e e acabei curtindo fazer então no dia seguinte já parti pra outra, dessa vez baseada na minha foto de perfil no facebook:
Essa.
Aproveitei e dessa vez fiz um passo-a-passo pra mostrar meu processo nesse tipo novo de ilustração. É o mesmo da primeira ali de cima, com a única diferença da base e do lineart.
(Lineart = Linhas do desenho, ou contorno, como acharem melhor)

Como o post vai ser grande agora e pra não pesar a página, cliquem no “continue lendo” abaixo pra ver a parada toda. 

Antes de começar penso que é preciso destacar uns pontos sobre não só essa ilustração, mas sobre todas que eu e outros profissionais fazemos:

É trabalhoso;
Demora. Bastante. Não tem outro jeito de ficar legal, senão com esforço;
Por isso ser um passo-a-passo do meu processo e não necessariamente um tutorial, não tem exatamente como ficar igual caso você tente fazer também. Mas o negócio é continuar tentando;
Esse é o MEU processo, você pode fazer de outra forma que achar melhor e não exatamente se ater ao meu se ele não der certo pra você. Tem outras mil formas de chegar num mesmo resultado e essa é a parte divertida da ilustração. 😀

Comecei, obviamente, com o lineart. Usei um pincel redondo comum com a minha mesa digitalizadora da wacom.

Ja deixei o batom roxo porque isso não ia mudar depois, rá

Perceba que eu fiz o cabelo já em mechas (e já me adiantei numa mechinha lá na frente), porque no final é o que dá o efeito diferenciado de movimento.
Terminado o lineart geral, eu parto pra coisa que normalmente é a mais difícil em termos de linhas; a finalização do cabelo! *rains of castamere plays on a distance*

Isso levou umas boas 2 horas, mais ou menos. Não sirvo pra fazer passo-a-passo, juro, porque mal terminei de traçar os fios em cada mecha e já fui partindo pro brilho do cabelo. OK. I’M SORRY. Finjam que nessa etapa eu só fiz essas linhas grosseirinhas desse bolo de cabelo do lado inferior direito mesmo. Agora vamos dar um close pra entender como fazer o efeito de brilho só com linhas que eu dei naquela parte de cima. 
Aqui nesse zoom dá pra perceber a diferença entre as primeiras linhas das mechas e as menores. As menores obviamente foram feitas com um brush menor e começam nas extremidades da mecha, e terminam no meio, dando a sensação de brilho. Simples e efetivo!
 E, outra camada, com um brush redondo com dureza em 1px eu fiz poucas sombras só pra dar um pouco de volume na pele em alguns locais. Bem pouquinho mesmo, porque a intenção aqui não é gerar realismo porque eu sou UÓ com realismo então vamo que vamo
Sutileza é a chave

Começaremos a colorir agora UHUL
Sempre me perguntam como pegar o estilo aquarela numa ilustração digital. Não sei se o jeito que eu venho fazendo é o melhor, mas é o que eu curti fazer e o que aparentemente funciona pra mim, ENTÃO vamos lá.
Não tem muito segredo. O que eu fiz aqui foi “carimbar” pincéis no formato de mancha de aquarela até preencher a área que eu quero (e isso se faz melhor com o mouse do que com a caneta. E pensando bem deve dar pra fazer com textura também, eu só nunca tentei) numa camada abaixo do lineart, e pra tirar o excesso ou ajustar o que eu não gostei, eu uso a borracha com esse mesmo preset de aquarela.
Usei as brushes em três modos diferentes, normal, multiplicação e superexposição de cores. Apaguei o que era preciso com a borracha no mesmo preset da aquarela.
Fiz o mesmo na blusa dentro com um amarelo pastel, e depois partimos pras cores no cabelo. Em uma nova camada, joguei um laranja chapado mesmo, porque o lineart fininho das mechas já faz o efeito de volume e brilho que eu quero, pelo menos por enquanto.
A ilustração já podia ser considerada terminada nesse ponto. Tudo que tinha que estar aí, já está; PORÉM CONTUDO TODAVIA temos sempre o mundo maravilhoso das texturas pra dar aquele TCHAN final.
Nessa ilustração eu usei 2 texturas em imagem e 4 em brush.
Primeiro coloquei essa amarelada pra dar uma suavizada no verde do casaco, mas preferi não deixar o lineart do cabelo ser afetado então botei por baixo:

Alterei o modo de camada pra Luz indireta em 55% de opacidade, que resultou nisso aqui:
Mais textura pra dar uma avivada na cor:
Essa tem umas manchas de aquarela bem visíveis e que em certas partes do desenho podem dar um charme e em outras podem ser um saco; então algumas eu removi com a ferramenta de recuperação de manchas. Depois disso, alterei o modo de camada dessa textura pra Luz indireta em 77%, ficamos com essa joça:
Deu uma melhorada, mas algo ainda não agrada. A cor do lineart do cabelo ficou muito destacada por estar em cima de todas as outras. Então alterei as cores das linhas do cabelo pra um vermelho arroxeado, ficando assim:
Different much?
Além disso, desenhei uns fios soltos mais claros pra dar uma bagunçadinha:

Mais texturas e avivamento de cor! 

Nova camada, as usual. Usei um brush diferente de aquarela (mais fluído, não na forma de uma mancha como a anterior) pra jogar uns rosas em algumas partes do cabelo e um amarelo queimado pra dar algumas sombras na blusa e nas dobras do casaco.

Mudo a camada pro modo de Superexposição Linear em 20%. Faço outra, e jogo mais algumas brushes vermelhas e violetas;
E coloco essa em Luz indireta em 75%. Jogo mais umas corzinhas nas ~protuberâncias~ na pele;
 Eeeeeee terminamos!
Tempo total: 3:30 horas (marromenos)
Gostaram de saber meu processo de ilustração?
Desculpa se pareceu confuso mas como dito, não é um tutorial neah.
Bônus: Gif fofinho
To querendo usar essas ilustrações pra alguma coisa aqui no blog só não sei o quê. Quiçá pro novo layout que eu to me prometendo faz tempo e até hoje nada? MAYBE
Espero que tenham gostado. Vai vir mais um look do dia semana que vem, yay! <3
Faloras!

Anjos e vira-latas

03fev

O blog ta paraaaado… Mas em outro post explico, porque hoje o assunto é outro.
Vocês que me acompanham sabem como adoro fazer tirinhas pra compartilhar situações bobas do meu dia-a-dia na internet. Mas a de hoje de boba e boa, não tem nada.

Vinha pro trabalho essa manhã, meio deprimida como sempre fico já que pra chegar aqui passo por uns bairros cheios de animais de rua. Quando ia entrar numa rotatória super movimentada dado o horário da manhã, vi um cachorro como esse da ilustração tentando atravessar da ilha da rotatória pra rua do outro lado.

Não se preocupem. Ele conseguiu.

E foi tão rápido que a única coisa que eu posso acreditar, é que ele realmente foi protegido por forças invisíveis. Assim como todos os outros animais de rua que, dia após dia, sobrevivem com dificuldade frente ao abandono e ao descaso. Alguns um pouco mais do que os outros.

Um dia desses quem me tem no facebook viu meu desespero pra conseguir lar e ajuda pra um cachorro já adulto que estava com a pata machucada, no pátio da fábrica onde trabalho. Foi numa quinta-feira. Na quinta e na sexta levei comida pra ele, do almoço e de onde mais conseguisse arranjar. Fiz carinho por várias vezes não importando o quanto ele estava sujinho. Sujeira a gente lava depois. Amor é que não dá pra adiar.

Quando, no fim de semana, finalmente encontrei ajuda pra ele, já era tarde. Na segunda-feira fui pra fábrica com ração na bolsa pra descobrir que de alguma forma no sábado ou domingo ele foi embora dali. Até agora não sei como, pois achei que os vigias tomariam conta como já fizeram outra vez com dois gatinhos que estavam por aqui. Mas ele tinha desaparecido mesmo.

Até agora sinto um aperto horrível no peito quando penso nesse cachorro. E muitos outros com que já topei pelas ruas na vida.

O descaso, a maldade, a total indiferença a seres que são infinitamente mais inocentes do que nós, é uma coisa que eu nunca vou conseguir entender na cabeça da maioria das pessoas. Dessas pessoas que passam direto sem dar qualquer importância, quando vêem um animal machucado na rua. Que chutam um gato passante só porque deu vontade. Que atropelam um animal e depois fogem, sem prestar qualquer socorro ou mesmo piscar duas vezes. Afinal é só bicho, né?

Não.

“Bicho” quer dizer animal. Animais todos somos. Só que de raças diferentes.
E parece que a pior raça ficou com o melhor intelecto.
Ou a raça que ficou com o melhor intelecto consequentemente apodreceu e escureceu em algum lugar no meio do caminho.

Mas não dá pra julgar pela raça, óbvio. Alguns poucos de nós ainda vemos esses animais como eles merecem ser vistos. Como semelhantes que precisam de ajuda.

E vamos continuar ajudando.

Não comprem animais. Adotem!